Omega Energia agora é Serena. 15 anos de história, agora em uma nova jornada. Saiba Mais

Home / Blog /

A importância da energia limpa na estratégia sustentável da Viveo

A importância da energia limpa na estratégia sustentável da Viveo

“Cuidar de cada vida, simples assim”, o propósito da Viveo é levar cuidado para os seus colaboradores e pacientes, passando por todos os profissionais da saúde, sendo e oferecendo soluções íntegras, eficientes e mais sustentáveis. Para que isso ocorra, a companhia possui um planejamento estratégico ligado ao viés de sustentabilidade e ESG (Meio Ambiente, Social e Governança). Continue a leitura e entenda a importância da energia limpa para a companhia.

Em entrevista com Leandro Xavier, diretor industrial da Viveo, a questão energética está diretamente relacionada com o planejamento estratégico de sustentabilidade da empresa. O objetivo é operar a companhia com energia 100% renovável, por isso, a relevância da parceria entre a Viveo, pioneira em sustentabilidade no setor da saúde, e a Serena.   

Quando iniciou a parceria da Viveo com a Serena?

Leandro Xavier: A parceria com a Serena iniciou-se em 2013, por meio de uma das empresas que foi adquirida pela Viveo, a Cremer, em que se concentra a maior quantidade de operações de fábrica do ecossistema. Na época, a parceria se deu pela busca de um contrato no Mercado Livre de Energia. Em 2018, a Cremer foi adquirida pela Viveo. Hoje, esse contrato que temos com a Serena passou a integrar a Viveo. Desde então, nós viemos expandindo essa parceria em termos de volume contratado. A mais recente atualização ocorreu em 2020, em que 100% do contrato passou a ser proveniente de fontes renováveis.

A partir de que momento houve a necessidade de contratação de energia limpa?

Leandro Xavier: Como já tínhamos um contrato com a Serena desde 2013, nós sabíamos que grande parte da nossa energia era oriunda de fonte limpa. Mas, desde que montamos o planejamento estratégico de sustentabilidade em 2019, começamos a entender onde poderíamos nos aprofundar.  

No pilar da energia, nós já tínhamos um parceiro referência em energia limpa no país. Na época, transformamos o contrato para o fornecimento em 100% de energia limpa.  

Como a Viveo trabalha as práticas ESG?

Leandro Xavier: Nos últimos três anos trabalhamos fortemente o ESG aqui na companhia. Além de termos expandido o contrato de energia em 2020, nós colocamos essa questão do fornecimento por meio das fontes renováveis.  

O ESG é estratégico para a Viveo. Com isso, essa parceria com a Serena é algo muito importante porque nos dá a garantia da sustentabilidade da energia que é utilizada nas operações do dia a dia.

Quais são os principais projetos e conquistas ligados a sustentabilidade e ESG da Viveo?

Leandro Xavier: Nós temos um projeto de água que visa a redução do consumo nas nossas operações. Um outro projeto, é o de produto responsável para reduzir o impacto do nosso portfólio, seja nas matérias-primas, nas embalagens, com o objetivo de utilizar materiais menos agressivos, sejam eles recicláveis ou de outras origens. 

Nós já temos alguns produtos em nosso portfólio que são 100% sustentáveis. Além disso, nós temos um projeto de inclusão, com o Programa Idem, com quatro grupos de afinidades: NaRaça; EmpoderAEla; SerQuemSou; SuperAção, com integrantes chamados de “aliados” para promover ações internas de diversidade e inclusão dentro da companhia.  

Na parte logística, em que possuímos um diferencial do mercado, começamos a fazer substituições comprando caminhões de frota elétrica, que fazem as entregas dos nossos produtos para os hospitais. Uma logística mais limpa dentro da nossa atuação no mercado. Essas entregas são feitas para todo o Brasil, em que 70% são realizadas em 24h, 98% em até 48h para todos os nossos clientes.  

Grande parte dessas entregas são feitas em caixas retornáveis, substituímos caixa de isopor por caixa retornável, poluindo menos e gerando menos resíduo.

Nós investimos em um aquecedor de efeito térmico a biomassa substituindo o gás natural para fonte de biomassa oriunda de florestamento (fonte de calor proveniente de energia limpa). Nas nossas plantas, na parte de adesivo, nós temos uma máquina que chama Hotmelt que diminui o uso de solvente, reduzindo as emissões de CO₂.

Todos esses projetos e ações são baseados em um profundo estudo que a companhia desenvolveu em um plano de ação de ESG, em que temos a previsão de investimento de mais de 65 milhões nos próximos anos. Eles são baseados nos seguintes pilares: gestão íntegra, desenvolvimento humano, ecoeficiência e soluções para a sustentabilidade. Essas ações foram reportadas em nosso primeiro Relatório de Sustentabilidade divulgado esse ano.  

Atualmente, por que é importante que as práticas de sustentabilidade estejam no planejamento estratégico das empresas?

Leandro Xavier: Para nós, desde que começamos a tratar sobre o tema de sustentabilidade de forma mais estratégica, ele passou a integrar as nossas ações e os seus desdobramentos.  

O assunto ESG não é somente uma questão de marketing, mas entendemos que é a sustentabilidade do negócio, todas as nossas ações têm ligação ao nosso propósito dentro do mercado de saúde, e que também tem um impacto nos nossos stakeholders.

E como você enxerga o impacto da empresa na sociedade?

Leandro Xavier: As nossas operações têm um forte impacto na sociedade até pelo mercado que a gente atua, no mercado de saúde isso é algo muito latente na vida das pessoas.  

Então, existe impacto de todas as formas, seja pelos nossos clientes, pacientes e também comunidades em que atuamos. Pensando nessa equação, todas as nossas ações visam tentar equilibrar essa relação da companhia e reforçar cada vez mais o nosso propósito de Cuidar de Cada Vida. E isso trabalhamos tanto com os programas internos, quanto pelo canal externo.  

O que você diria para uma empresa que ainda não está no Mercado Livre de Energia?

Leandro Xavier: Nós temos pautado ao longo do tempo todas as nossas negociações do Mercado Livre de Energia. Ela é uma somatória de muitos componentes, a primeira, o reputacional da empresa em termos de atuação no mercado e a importância do know-how.  

Além disso, tem uma questão no Mercado Livre de Energia que sempre nos pautamos: a de negociar com quem é fonte geradora. Sempre escolhemos participar dos leilões de energia de quem é fonte geradora por uma questão de segurança.  

O outro critério é a fonte de energia limpa porque sabemos da nossa responsabilidade ao meio ambiente. Existem, hoje, fontes de energia muito mais limpas e eficientes do ponto de vista econômico.

Faça como a Viveo, escolha a energia 100% limpa da Serena e faça parte dessa comunidade que prospera junto.  

Leia também:

Últimos posts

Receba as  novidades da  Serena e do mercado de   energia!

Assine nossa newsletter